20 de junho de 2010

Algumas particularidades de Lucas (4)

 
Outro tema presente no evangelho de Lucas e nos Actos dos Apóstolos é o da realização/cumprimento das Escrituras.

Evangelho de Lucas
4,21: Cumpriu-se hoje esta passagem da Escritura, que acabais de ouvir.
9,30-31: E dois homens conversavam com Ele: Moisés e Elias, os quais, aparecendo rodeados de glória, falavam da sua partida, que iria se consumar em Jerusalém.
9,51: Quando se completaram os dias de sua assunção.
18,31: Tomando os Doze consigo, Jesus disse-lhes: «Olhai, subimos agora a Jerusalém e vai cumprir-se tudo o que foi escrito pelos profetas acerca do Filho do Homem».
21,22: Pois esses dias serão de punição, a fim de se cumprir tudo quanto está escrito.
22,37: Porque, digo-vo-lo Eu, deve cumprir-se em mim esta palavra da Escritura: Foi contado entre os malfeitores. Efectivamente, o que me diz respeito chega ao seu termo.
24,44: Estas foram as palavras que vos disse, quando ainda estava convosco: que era necessário que se cumprisse tudo quanto a meu respeito está escrito em Moisés, nos Profetas e nos Salmos.

Actos dos Apóstolos
1,16: Irmãos, era necessário que se cumprisse o que o Espírito Santo anunciou na Escritura pela boca de David a respeito de Judas, que foi o guia dos que prenderam Jesus.
3,18: Dessa forma, Deus cumpriu o que antecipadamente anunciara pela boca de todos os profetas: que o seu Messias havia de padecer.
13,27: Sem dúvida, os habitantes de Jerusalém e os seus chefes não quiseram reconhecer Jesus, mas, condenando-o, cumpriram, sem disso se aperceberem, as profecias que são lidas todos os sábados.
13,29: Quando cumpriram tudo o que acerca dele estava escrito, desceram-no do madeiro e sepultaram-no.
13, 33: Deus a cumpriu em nosso benefício, para nós, seus filhos, ressuscitando Jesus, como está escrito no Salmo segundo: Tu és meu filho, Eu hoje te gerei!

Sem comentários:

Enviar um comentário

10 de Julho, venha lá!