6 de julho de 2010

22.º Capítulo

Quando chegou a hora, pôs-se à mesa e os Apóstolos com Ele. [...] Tomou, então, o pão e, depois de dar graças, partiu-o e distribuiu-o por eles, dizendo: «Isto é o meu corpo, que vai ser entregue por vós; fazei isto em minha memória.» Depois da ceia, fez o mesmo com o cálice, dizendo: «Este cálice é a nova Aliança no meu sangue, que vai ser derramado por vós».
A paixão do profeta-servidor.
A última ceia.
O processo de Jesus

Sem comentários:

Enviar um comentário

10 de Julho, venha lá!