7 de julho de 2010

23.º Capítulo

Jesus dizia: «Perdoa-lhes, Pai, porque não sabem o que fazem».
«Em verdade te digo: hoje estarás comigo no Paraíso.
Dando um forte grito, Jesus exclamou: «Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito.» Dito isto, expirou.
O perdão do justo na cruz.
O hoje da salvação.

Sem comentários:

Enviar um comentário

10 de Julho, venha lá!