7 de julho de 2010

Lucas, o evangelho da oração




Em 9, 18-24 (Um dia, quando orava em particular, estando com Ele apenas os discípulos…) Lucas «começa por nos apresentar Jesus a rezar sozinho, o que acontece imensas vezes em Lucas, que é, por isso, também chamado o ‘Evangelho da oração’. E ‘orar’ é, em sentido genuíno, etimológico, orientar a nossa vida toda para Deus, entregar a Deus a nossa vida toda, para que seja Ele a olhar para nós, por nós! É importante sabermos, informa-nos o narrador, que os seus discípulos estavam com Ele. Estar com Ele é o ‘lugar feliz’ do discípulo de todos os tempos. Estar sem Ele é sempre um ‘não-lugar’. Se for este o caso, temos rapidamente de mudar de lugar!» (António Couto).
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

10 de Julho, venha lá!